5 Tratamentos para Varizes

Hoje você vai conhecer os principais e melhores tratamentos para eliminar estrias, se sofre com este problema, então não pode deixar de ler, confira a seguir:

1 – Escleroterapia

Este é o tratamento mais comum para varizes. O médico injeta uma solução intravenosa que faz com que as veias inchem, se forcem e entupam. Isso interrompe o fluxo de sangue e a veia se transforma em tecido cicatricial. Em algumas semanas a veia deve desaparecer. O mesmo vaso sanguíneo pode precisar ser tratado mais de uma vez.

Este tratamento é muito eficaz se feito da maneira correta: a maioria dos pacientes pode esperar uma taxa de melhora de 50% a 90%. A escleroterapia não requer anestesia e pode ser feita no consultório médico.

2 – Loção Varigold

Este é um tratamento com um produto que pode ser usado em casa mesmo, o creme Varigold Funciona porque foi desenvolvido com alta tecnologia para aliviar os principais sintomas das varizes como inchaço, dor e aparência das pernas.

É simples de usar, bastando fazer massagem com a loção no local das varizes.

3 – Cirurgia a laser e capilar

As novas tecnologias aplicadas aos tratamentos a laser permitem tratar efetivamente os capilares nas pernas. A cirurgia a laser transmite flashes de luz muito fortes na veia, resultando em um enfraquecimento progressivo dos vasos sanguíneos que decreta seu desaparecimento.

Os lasers são muito diretos e precisos; se verificados por um médico experiente, apenas a área tratada será danificada. A maioria dos tipos de pele e pele pode ser tratada com segurança com essa abordagem.

A cirurgia a laser é mais convidativa para alguns pacientes, porque ainda não utiliza agulhas e incisões; quando o laser atinge a pele, o paciente sente uma sensação de calor que pode ser muito dolorosa; o resfriamento, por outro lado, ajuda a acalmar a dor.

Os tratamentos a laser requerem um tempo que varia de 15 a 20 minutos e, dependendo da gravidade das veias, geralmente são necessários entre 2 e 5 tratamentos para remover os capilares nas pernas. Os pacientes podem retornar à atividade normal imediatamente após o tratamento, como na escleroterapia.

Para vasos maiores de 3 mm, a terapia a laser não é a escolha ideal.

4 – Técnicas intravenosas (radiofrequência e laser)

Esses métodos, usados ​​para tratar as varizes das pernas que estão em uma profundidade maior (as safenoides ), constituíram um enorme passo à frente do ponto de vista médico: substituíram a cirurgia na grande maioria dos pacientes com sérios problemas de varizes. Essa técnica não é muito invasiva e também pode ser feita em nível ambulatorial.

O médico insere na veia um tubo muito pequeno chamado cateter, uma vez que emite uma radiofreqüência ou energia laser que estreita e fecha a parede venosa, enquanto as veias saudáveis ​​que estão ao redor da tratada restauram o fluxo normal de sangue. Quando isso acontece, os sintomas das varizes melhoram.

Mesmo as veias na superfície da pele, que estão conectadas à varizes tratada, geralmente tendem a encolher após o tratamento. Quando necessário, essas veias podem ser tratadas com escleroterapia ou outras técnicas.

5 – Cirurgia

A cirurgia é usada principalmente para tratar varizes extremamente aumentadas. Os tipos de cirurgia para varizes incluem:

Ligação cirúrgica e decapagem: com este tratamento, as veias que apresentam problemas são ocluídas e completamente removidas da perna. A remoção das veias não afeta a circulação sanguínea nas pernas, porque as veias mais profundas carregam maiores volumes de sangue. A maioria das varizes removidas cirurgicamente são veias superficiais e coletam apenas sangue da pele.

Este procedimento requer anestesia local ou geral e deve ser realizado em uma sala de cirurgia em regime ambulatorial.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *